Sinais e sintomas

Como o LES se manifesta?

O lúpus eritematoso sistêmico (LES) é uma doença inflamatória crônica e de natureza autoimune, que causa inflamação em diversos órgãos, tecidos e sistemas, podendo comprometer a pele, as articulações e, em casos mais graves, o coração, os rins, os pulmões e o sistema nervoso1, 3.

As queixas mais prevalentes de quem possui LES, os chamados sintomas constitucionais, são: fadiga, febre moderada, mialgia (dores musculares), perda de peso e inchaço dos gânglios linfáticos2.

Lúpus e pele

A maioria das pessoas com lúpus apresenta fotossensibilidade após exposição à radiação solar ou artificial (lâmpadas fluorescentes e halógenas), o que provoca lesões de pele como a "asa de borboleta", uma mancha avermelhada na região da face, chamada de região malar, e no dorso do nariz, relatada em menos de 50% dos casos. Em um terço dos pacientes surgem úlceras orais e nasais, geralmente indolores2.

Alopecia (queda de cabelo) frontal ou em vários pontos do couro cabeludo também é um sintoma que pode ser indicativo de lúpus eritematoso sistêmico (LES)2

Lúpus e articulações

O envolvimento articular é a manifestação mais frequente, depois dos sintomas constitucionais, com desenvolvimento de artralgia (dor nas articulações) e artrite (inflamação das articulações)2.

Lúpus e coração

Quando atinge o sistema cardíaco, são comuns: pericardite, miocardite e endocardite. Essas manifestações são inflamações do pericárdio (estrutura que envolve o coração), do miocárdio (camada muscular do coração) e do endocárdio (membrana interna do coração)2.

O lúpus também provoca espessamento das valvas (conjunto de válvulas cardíacas) e doença arterial coronariana2.

Lúpus e pulmão

Nos casos mais graves do LES, a doença pode acometer os pulmões e a pleura, tecido que reveste os pulmões e auxilia a respiração. Nestes casos, ocorrem a pneumonite e a pleurite com derrame, inflamações do pulmão e da pleura, respectivamente. Outra manifestação é a hipertensão pulmonar, ocorrendo em 12% a 23% dos relatos2.

Referências bibliográficas